Pular para o conteúdo

Aos Anjos – [São Luís Gonzaga]

11/02/2019

OH, SANTOS E PUROS ANJOS, sois verdadeiramente bem-aventurados porque continuamente estais na Divina Presença, e com tão grande júbilo contemplais a face daquele Salomão, por quem fostes cheios de sabedoria, feitos dignos de tanta glória e adornados de tantas prerrogativas. Vós, brilhantes estrelas, que com tal felicidade resplandeceis no céu, infundi em minha alma, vos peço, vossos bem-aventurados influxos. Conservai sem mancha minha vida, fortalecei minha esperança, preservai meus atos do pecado e purificai meu amor para Deus e para o próximo. Rogo-vos, Anjos bem-aventurados, que vos digneis conduzir-me pela mão no caminho real da humildade pelo qual caminhastes primeiro,  para que, depois dessa vida mereça ver convosco a bem-aventurada face do Pai Eterno, e ser contado no lugar de uma daquelas estrelas que, por sua soberba, cairam do céu.

Amém.

(São Luis Gonzaga, 1568-1591, jesuíta).

Comentários encerrados.