Pular para o conteúdo

Como vencer a tentação – [Beato Charles de Foucauld]

06/01/2016

“Vigiai e orai para que não entreis em tentação” (Marcos  XIV, 38)

PARA RESISTIR À TENTAÇÃO, duas coisas são necessárias: 1º) consagrar muito tempo à oração, todos os dias, com uma regularidade inviolável; 2º) orar continuamente durante o resto do dia – o que quer dizer, que durante as diversas ocupações cotidianas, havemos de ter sempre Deus presente, ter os olhos fixos nele, quer pelo simples pensamento da presença diurna, quer pela meditação, ou por orações vocais; em suma, o que interessa é que a alma olhe o Bem-amado. Quando trabalhamos em presença de um ser amado, esquecemos, porventura, um só momento, essa presença que nos torna tão felizes, que nos faz achar o tempo tão rápido e tão doces os momentos em que o contemplamos? Não o olhamos nós a cada instante? Façamos a mesma coisa com o Senhor. A oração contínua, durante todo o dia, afastará de nós as tentações, porque a presença de Deus expulsa-as, impede-as de nos prejudicar… As horas dedicadas unicamente à oração, dão-nos a força para, com o auxílio da graça de Deus, conservar a sua presença durante todo o resto do dia, e de nos entregarmos, durante o resto do dia, ao que nós chamamos “a oração contínua”.

(B. Charles de Foucauld – Meditações sobre o Evangelho)

 

 

Comentários encerrados.