Pular para o conteúdo

Para alcançar a humildade – [ S. Teresinha do M. Jesus ]

24/08/2015

Ó JESUS, estando Vós sobre a terra, dissestes: “Aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e achareis descanso para a vossa alma“. Ó poderoso Monarca dos Céus, a minha alma acha o seu repouso contemplando-Vos revestido das aparências e da natureza de escravo, abaixando-Vos até lavar os pés aos Vossos discípulos. Recordo, ó Jesus, as palavras que, para me ensinardes a humildade, pronunciastes nessa ocasião: “Eu vos dei o exemplo, para que, assim como eu vos fiz, assim vós também façais. Não é o discípulo maior do que o seu mestre… Se sabeis essas coisas, bem-aventurados sereis se as praticardes“.

Senhor, eu compreendo estas palavras saídas do Vosso coração manso e humilde, e quero praticá-las, ajudada pela Vossa divina graça. Quero humilhar-me e sujeitar a minha vontade à de minhas irmãzinhas, sem nunca contradizê-las, sem investigar se têm ou não sobre mim direito de mandar.

Ninguém, meu Deus, tinha este direito sobre Vós, e todavia obedecestes, não só à Santíssima Virgem e a São José, mas até aos Vossos algozes! E na Santa Eucaristia pondes o cúmulo ao Vosso aniquilamento.

Com que humildade, ó Divino Rei da glória, obedeceis a todos os sacerdotes, fervorosos ou tíbios no Vosso divino serviço! Eles podem apressar ou retardar a hora do sacrifício, e Vós estais sempre pronto a descer do Céu.

Ó meu bom Jesus, como Vos mostrais manso e humilde debaixo do véu da hóstia imaculada!

Ah! Não poderíeis Vos humilhar mais para me ensinar a humildade! Para corresponder, pois, ao Vosso amor, quero colocar-me no último lugar e partilhar Convosco as humilhações, afim de ter parte Convosco no reino dos Céus. Suplico-Vos, Divino Jesus, me mandeis uma humilhação cada vez que ousar elevar-me sobre os outros.

Mas oh! como sou fraca; de manhã proponho ser humilde, e à noite reconheço ter pecado por orgulho.

Vendo-me tal, sou tentada a desanimar, mas sei que também o desânimo é orgulho. Portanto, quero fundar a minha esperança somente em Vós, meu Deus.

E já que Vós sois todo poderoso, concedei-me esta virtude, muito desejada. E para que eu seja atendida, repetirei: “Jesus, manso e humilde de coração, fazei o meu coração semelhante ao Vosso!

(Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, Doutora da Igreja).

Santa Teresinha

Comentários encerrados.